Deputado Da Vitória é o coordenador da bancada

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – Cada um dos treze parlamentares do ES no Congresso Nacional poderão indicar até R$ 29 milhões em emendas ao Orçamento da União, do ano que vem.

Essa decisão – para execução em ano eleitoral – vai beneficiar principalmente os dez deputados federais que são pré-candidatos a reeleição.

Além dos R$ 17 milhões que cada um dos 13 terá para emendas individuais, outros R$ 12 milhões ( de emendas de bancada) serão acrescidos.

Essa decisão foi tomada em reunião da bancada semana passada. Amanhã o colegiado volta a se reunir, às 14h30, para decidir o destino de outros R$ 80 milhões.

Existe a possibilidade desses recursos serem indicados para duas obras federais no ES, Contorno do Mestre Àlvaro e BR 447. OU serem divididos entre os 13 membros da bancada.

As duas das principais obras do governo Bolsonaro no Espírito Santo, Mestre Àlvaro, e a BR 447 que liga a BR 262 ao porto de Capuaba, tiveram recursos insuficientes indicados pelo governo

Vai faltar verba para conclusão das duas obras. Inauguração teria que ser adiada para 2023, conforme A Agência Congresso antecipou semana passada.

Seriam necessários R$ 300 milhões para terminar as duas obras mas o governo federal indicou apenas R$ 12 milhões para a 447, e R$ 30  milhões para o contorno.

LEIA TAMBÉM

Por falta de verba, obras federais no ES vão atrasar; contorno do Mestre Álvaro e BR 447

- Publicidade -