Foto: AgCongresso
- Publicidade -

BRASILIA – AGENCIA CONGRESSO – A bancada capixaba decidiu destinar para o Espírito Santo, no Orçamento Geral da União (OGU) de 2018, R$ 450 milhões a serem divididos entre a Ufes, Ifes, saúde, BR 262 (duplicação), abastecimento de água em São Mateus, infra estrutura urbana em Cachoeiro, Hospital de Cariacica e rodovias.

Das 15 emendas capixabas, no entanto, apenas duas são impositivas, que o governo tem a obrigação de cumprir, no total de R$ 162 milhões. As demais vão depender de articulação politica. As duas impositivas são R$ 110 milhões para Ufes e Ifes, e R$ 52 milhões para Secretaria Estadual de Saúde comprar veículos para transporte e exames de doentes.

As outras treze emendas de bancada indicam recurso para as bases politicas dos parlamentares. Essas, entretanto, dificilmente são atendidas pelo governo. E quando atendidas, tem corte de pelo menos 50% do valor total: “O que decidimos é o sentimento da bancada. O setor mais beneficiado foi saúde e educação porque são as áreas de maior carência no estado”, afirmou o coordenador da bancada, deputado Marcus Vicente (PP).

Vicente também cobrou ontem por telefone do secretário de Agricultura, Otaciano Neto, a aplicação de R$ 16 milhões liberados pela CEF há 90 dias para a agricultura: “São recursos conseguidos pela bancada e que estão parado na conta da secretaria. Pedi uma reunião para quinta-feira da semana que vem para decidir isso” disse.

262
A emenda para manter a duplicação da BR 262 foi sugerida pelo deputado Evair Melo (PV), no valor de R$ 100 milhões. Ele reiterou a necessidade da bancada exigir do governo federal a conclusão da obra ” A 262 é um eixo rodoviário que tem impacto na economia capixaba, e abre um campo de oportunidades na região das montanhas e para o Caparaó”, afirmou.

Paulo Foletto (PSB) priorizou a construção de uma unidade do Ifes em Barra de São Francisco, ao custo de R$ 10 milhões: ” Dá para fazer com 10 milhões. Mas a gente pede o dobro porque o governo costuma cortar pela metade”, explicou. A senadora Rose de Freitas (PMDB)apresentou emenda de 15 milhões para construir uma unidade do Ifes em Pedro Canário.

Mas cada um dos treze parlamentares tem ainda R$ 14 milhões para apresentar em emendas individuais. O prazo para entregá-las vence dia 20. A reunião de ontem contou com a presença de 9 dos 13 membros da bancada.

A reunião de ontem só faltaram os senadores Ricardo Ferraço e Magno Malta, e o deputado Sérgio Vidigal.