- Publicidade -

UM BELO GOL CONTRA

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO -Uma nova pesquisa da PARANÁ PESQUISAS sobre a Copa do Mundo e o interesse dos brasileiros sobre as eleições gerais de outubro, mostra que o brasileiro adora futebol mas tem responsabilidade com a escolha do novo presidente a ser eleito em outubro.

Foi feita em 178 municípios de todo o país entre os dias 3 a 5 deste mês – via online com 2.285 pessoas –  77,3% dos brasileiros estão mais preocupados com a eleição do novo presidente da República do que com a Copa. Isto antes do Brasil perder para Bélgica e deixar a Copa.

Na pergunta estimulada sobre quais notícias que mais interessava – ganhou o futebol sobre a política, o que não deixa de ser novidade porque os políticos só tem gerado notícias ruins desde a deflagração da Operação Lava Jato.

Tabela: interesse do eleitor sobre futebol 33,1% Eleição 30,0% Lava Jato 28,7%.

O levantamento mostra ainda que agora que a Copa acabou, o brasileiro volta a atenção para os candidatos que terão que escolher para presidente, governador senador, deputados.

A pesquisa avaliou também o desempenho dos jogadores. Marcelo (6) foi mal avaliado, apenas 1,1%. A pergunta foi: ” qual o jogador da Seleção Brasileira que está
apresentando o melhor desempenho na Copa do Mundo?

Ganhou Felippe Coutinho com 33,5% seguido por Neymar com 15,5%. Nosso goleiro apenas 1,0%. Sábios brasileiros.

PERFIL – A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três estágios. No primeiro estágio faz-se um sorteio probabilístico dos municípios, onde as entrevistas foram realizadas, pelo método PPT (Probabilidade
Proporcional ao Tamanho), tomando o número de habitantes como base para tal seleção.

No segundo estágio fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para tal seleção.

No terceiro estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes foram selecionados através de quotas amostrais proporcionais em função das variáveis: Masculino – 48% e Feminino – 52% FAIXA ETÁRIA: Entre 16 e 24 anos: 15% / Entre 25 e 34 anos: 21% / Entre 35 e 44 anos: 21% / Entre 45 e 59 anos: 24% / Com 60 anos ou mais: 19%.

ESCOLARIDADE: Até Ensino Médio: 78% / Ensino Superior: 22%. NÍVEL ECONÔMICO: Economicamente Ativo: 65%; Não Economicamente Ativo: 35%.

REGIÃO: Norte+Centro-Oeste: 15% / Nordeste: 27% / Sudeste: 43% / Sul: 15%.