Deputado acatou sugestão de desembargador capixaba para apresentar projeto de lei

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – O deputado federal Dr. Victor Linhalis (PODE-ES), apresentou Projeto de Lei que obriga os órgãos públicos a darem transparência para a tramitação dos processos relacionados a abusos e violência sexual contra crianças e adolescentes.

O PL 2428/2024 visa garantir mais efetividade na fiscalização dos processos. De acordo com a proposta, os tribunais, Ministério Público, delegacias e outras instituições administrativas e judiciais envolvidas no atendimento e investigação desses casos, precisam disponibilizar painéis eletrônicos ou sítios com informações detalhadas sobre os processos, resguardadas os dados das vítimas, e dar uma resposta para a sociedade sobre o andamento.

O deputado defende que a implementação desta medida terá um impacto significativo na promoção dos direitos das crianças e adolescentes e vai fortalecer a confiança da sociedade nas instituições responsáveis pela proteção dos mais vulneráveis.

Aumento de casos de violência contra crianças no país é assustador

Segundo o parlamentar, a falta de transparência e a demora na tramitação de processos envolvendo abusos e violência contra crianças e adolescentes são problemas recorrentes que geram grande preocupação na sociedade.

“As famílias e os responsáveis, muitas vezes, enfrentam dificuldades para obter informações claras e atualizadas sobre o andamento dos processos, o que pode gerar desconfiança e insegurança em relação à efetividade da justiça”, disse.

DESEMBARGADOR

A ideia do PL nasceu a partir das colaborações, em especial do desembargador Pedro Valls Feu Rosa, durante a audiência pública para discutir formas de prevenção e canais de denúncia de casos de abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes.

A discussão ocorreu na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados.

(Informações da Assessoria de imprensa do parlamentar)