Ex-deputada teve apenas um mandato mas já passou por três partidos.

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – Se a ex-deputada Soraya Manato (PP), ex- PSL, ex-PTB, tinha alguma chance de ser indicada candidata a vice prefeita de Vitória pelo Progressistas, perdeu a oportunidade.

Pelo acordo firmado pela executiva do PP com o prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos)- desde o ano passado –  o vice sairá do Progressistas.

A tentativa de Soraya de ser candidata a prefeita está sendo vista, por alguns dirigentes do partido, como uma manobra para tentar atropelar o acordo firmado.

Voo de barata 

A médica entrou no PP com a intenção de ser candidata a federal em 2026. Mas teria sido convencida pelo marido, ex-deputado Carlos Manato, a pleitear a vaga de candidata. A manobra deu errado.

A tentativa do casal Manato de entrar na disputa pela PMV não passou de um voo de barata. Foi uma tentativa do PL de sequestrar o fundo eleitoral e tempo de TV do PP.

A Agência Congresso apurou com exclusividade que o partido esta com dificuldade de indicar um vice para Pazolini porque conta apenas com quatro nomes, dois homens e duas mulheres. Agora só uma.

“Mas nenhum deles atende aos dois lados”, disse a fonte