BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – Rio e Bahia são imbatíveis, principalmente no verão. Mas um levantamento divulgado pela plataforma MaxMilhas no fim de 2021 mostrou que Brasília é um dos destaques no ramo do turismo nacional.

Os dados apontam que a capital do Brasil, apesar de não ter praias, está entre os 10 destinos mais procurados por turistas.

Com uma população estimada em mais de 3 milhões de habitantes, Brasília é a terceira cidade mais populosa do País e reserva algumas particularidades na atividade turística, naturalmente projetada para tours de famílias e escolas, ostentando sua famosa arquitetura, história e monumentos.

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, ressalta que a cidade oferece diversas atrações aos turistas, como as rotas Cívica, Arquitetônica, da Paz, Náutica, entre outras atrações gastronômicas, passeios de aventura, turismo rural e enoturismo.

“Brasília não tem praia, não tem montanhas, não tem neve, mas é um destino surpreendente. Já somos a terceira capital brasileira preferida para se viajar, temos um fluxo mensal superior a um milhão de passageiros no Aeroporto JK”, pontua a secretária.

Toda essa estrutura explica a posição de Brasília entre os lugares mais buscados para o verão de 2022, figurando no top 10 que conta com cinco cidades do Nordeste, as quais oferecem praias paradisíacas aos turistas.

Segundo o ranking da MaxMilhas, travel tech que oferece passagens aéreas, a capital federal fica à frente de municípios como Maceió (AL), Natal (RN) e Belo Horizonte (MG).

“Brasília atrai pela arquitetura monumental de Oscar Niemeyer, mas o visitante se surpreende ao chegar aqui quando descobre o Lago Paranoá, os parques naturais, o Cerrado, a gastronomia, o turismo de aventura e, agora, entre outros atrativos, o enoturismo. Somos um lugar diferente de tudo que já se viu”, comenta Vanessa.

A expectativa é de que o setor de entretenimento da cidade movimente R$ 1,5 bilhão em 2022, por meio de eventos. Conforme informação da secretária, o turismo rural de Brasília cresceu 40% com a pandemia.

Preparação para receber turistas e medidas contra a Covid-19

Para a Secretaria de Turismo, Brasília está preparada para receber a demanda turística oriunda do verão brasileiro. São 280 pontos de hospedagens, sendo 186 hotéis, 80% deles situados no Centro da cidade, além do transporte público que dispõe de metrô e receptivos turísticos.

O aeroporto também contribui muito para o recebimento de turistas, de acordo com a Pasta, principalmente por ser um “Hub” nacional com voos diretos para todas as capitais do País.

Em relação às medidas contra a Covid-19, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal garante que a cidade está segura, com o processo de vacinação adiantado e os protocolos sanitários em vigor para evitar a disseminação da doença.

Segundo a Pasta, todos os eventos realizados na cidade, assim como o comércio, os locais de entretenimento e lazer, bares e restaurantes, shows e eventos esportivos são obrigados a fornecer álcool em gel e exigir documentação comprobatória de vacinação.

Destinos mais comprados para o verão:

1º – São Paulo (SP)

2º – Rio de Janeiro (RJ)

3º – Recife (PE)

4º – Salvador (BA)

5º – Fortaleza (CE)

6º – Porto Alegre (RS)

7º – Brasília (DF)

8º – Maceió (AL)

9º – Natal (RN)

10º – Belo Horizonte (MG)