BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – A Câmara Federal volta ao trabalhos presenciais dia 25, depois de quase dois anos funcionando precariamente.

A data anterior era 18 de outubro mas foi adiada por mais uma semana. No entanto, os deputados que desejarem permanecer em casa, ou em seus escritórios em seus estados de origem, bastam apresentar um requerimento.

Mas dia 15 de dezembro o Congresso entra em recesso, constitucional. O que significa que o retorno será curto, menos de dois meses.

Os trabalhos presenciais estavam suspensos desde março do ano passado em razão da pandemia de Covid-19.

O funcionamento vai obedecer aos seguintes critérios • será mantida assinatura eletrônica, com presença física na Casa através dos totens ou biometrias dos gabinetes ou plenário;

• nas votações de mérito, será exigida presença no plenário;

• a carteira de vacinação de cada deputado deverá ser enviada à primeira secretaria;

• quem tiver comorbidade poderá fazer requerimento para continuar remoto e continuará votando pelo Infoleg.

- Publicidade -