Visita de Maia ao ES gera conflito

59
Ignorados: Visita de presidente da Câmara ao ES irrita deputados.

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – Se o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi ao ES pedir apoio ao governador Paulo Hartung (PMDB) para convencer a bancada capixaba a apoiar o governo Temer, ou o seu nome para presidente da República, perdeu a viagem.

Os parlamentares capixabas ficaram irritados por não terem sido convidados para o almoço na residência oficial do governo, sexta dia 16. E nem avisados da visita do chefe do Legislativo.

“A Bancada Federal se sente desprestigiada com a visita do presidente da Câmara dos Deputados ao Governador Paulo Hartung, quando todos os presentes ao almoço, sequer votam no Colégio Eleitoral que por via indireta, poderá escolher o novo presidente do
Brasil.”, reclamou Vicente.

Além de não convidar a bancada, o governador ainda levou para o almoço reservado dois candidatos a deputado federal, na eleição do ano o que vem – concorrentes da bancada – os secretários estaduais Zé Carlinhos e Otaciano Neto.

No grupo de WhatsApp do site Agência Congresso o caso pipocou com reclamações de vários parlamentares. No mínimo a única deputada do DEM no ES – Norma Ayub do partido de Maia – deveria ter sido convidada.

A própria deputada ironizou ” PH vai votar no meu lugar’, disse, se referindo ao governador. Os deputados Evair Melo (PV) Manato (SD), e Jorge Silva (PHS) também disseram não ter sido avisados. Lelo Coimbra preferiu se calar.

Essa semana alguns deles devem se pronunciar na Câmara, em relação ao episódio. Afinal, manda o protocolo da Casa que os deputados sejam comunicados das visitas de chefe dos Três poderes a seus estados.

Já o governador Hartung não tinha o menor interesse em avisar a ninguém porque ele tenta retomar o controle do DEM no ES. Quer entregar o partido ao presidente da Assembléia, deputado Erick Musso.

Esse fato chegou a ser divulgado com exclusividade pela coluna Plenário da jornalista Fabiana Tostes, de A Tribuna.

A investida do governador para capturar o DEM visa atingir também o deputado estadual Theodorico Ferraço, marido de Norma, e que declarou apoio a candidatura do ex-governador Casagrande, mas forte adversário de Hartung no ES.