VITÓRIA – AGENCIA CONGRESSO – O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) disse hoje que será bom para o processo eleitoral na Serra, caso o também deputado Amaro Neto (PRB), decidida disputar o comando do município, nas eleições de outubro.

Vidigal não confirma se será candidato a prefeito. Diz apenas que o PDT vai se reunir dia quatro deste mês para definir as candidaturas, não apenas na Serra, mas em vários municípios.

Chapa branca

Nos bastidores, no entanto, fala-se que o prefeito Audifax Barcelos (REDE) vai apoiar a candidatura de Amaro Neto, que teria também o apoio do ex-governador Paulo Hartung (sem partido).

E que Amaro escolheu a Serra para não correr riscos em Vitória, onde sua rejeição é muito maior, de acordo com pesquisas que o parlamentar teve acesso. As classes C e D que formam maior percentual eleitoral de Amaro, são expressivas na Serra.

A decisão de disputar a Serra, e não mais Vitória, foi comunicada ao presidnete nacional do PRB, deputado Marcos Pereira, que aprovou. Amaro divulgou nota sobre sua decisão.

NOTA À IMPRENSA

O deputado federal Amaro Neto confirma a mudança de seu título eleitoral para o município da Serra. A alteração tem motivação na estratégia partidária, uma vez que, mantendo o domicílio eleitoral em Vitória, poderia haver embaraço para a formação de canditatura do Republicanos e aliados no município, dadas as especulações em torno do nome de Amaro. O mesmo valeria para Vila Velha.

“A partir de agora serei eleitor da Serra, município com o qual guardo profunda relação, pois já morei no município, tenho imóvel e familiares na cidade. Além disso, sempre acompanhei e procurei apoiar o desenvolvimento da Serra como parlamentar”, destaca Amaro.

Assessoria de Comunicação do deputado federal Amaro Neto