Amaro do PRB, Norma DEM, e Rigoni PSB foram os que MENOS gastaram em 2019.

BRASÍLIA – AGÊNCIA CONGRESSO – Os maiores gastos dos deputados federais, ano passado, foram com passagens aéreas, divulgação da atividade parlamentar e locação de veículos.

Juntos os dez deputados do ES gastaram mais de R$ 3 milhões. Cada deputado pode gastar por mês R$ 37.423,91, o que representa, por ano, mais de 400 mil reais. Os recursos servem para o exercício do mandato.

A cota parlamentar é o valor disponibilizado para o custeio das atividades parlamentares como manutenção de escritório no estado, telefonia, passagens aéreas e até mesmo alimentação fora de Brasília. 

O deputado que mais gastou foi Evair de Melo (Progressistas: R$ 394.391,61. Entre as despesas de Evair, o principal gasto foi com divulgação da atividade parlamentar (R$ 98.250,00), seguido de emissão de bilhetes aéreos (R$ 91.117,65).

Gosta de voar: Lauriete foi a que mais gastou com passagens aéreas.

O coordenador da bancada, deputado Da Vitória (Cidadania) ficou em segundo lugar no ranking, com R$ 366.263,47. O maior gasto dele foi com manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar – R$ 102.809,59. Ele, no entanto, mantém três escritórios.

Da Vitória disse para a Agência Congresso que acredita que esse dado não mudará no futuro, pois está investindo nos municípios onde foi mais votado.

“Eu tenho escritório em Vitória, muito ativo, e tenho escritório em Colatina, muito ativo também. É uma característica do nosso mandato, se você olhar o meu histórico, eu sou um dos mais votados em quase todas as cidades do interior, quando não fui primeiro, fui segundo ou terceiro”. disse.

Terceiro mais votado

Dá Vitória foi o terceiro federal mais votado da bancada do ES, com quase 75 mil votos. Só ficou atrás de Rigoni( 84 mil votos)  e Amaro Neto (181 mil votos).

“Nesses escritórios é onde as pessoas são atendidas, prefeitos, vereadores, presidentes de instituições. Existe a necessidade de mantê-los com pessoas capacitadas para suprir minha ausência durante os dias em Brasília. Se você analisar despesa com o resultado que foi dado, tem gente que se gastar 10 reais é muito, pelo resultado do trabalho, mas tem gente que gastou 50 – 100 mil reais e conseguiu retornar milhões e milhões para o seu estado. Estou com a consciência tranquila de que estou produzindo muito para o meu país”.

O deputado Sérgio Vidigal (PDT) ficou em terceiro lugar entre os que mais gastaram. Foram R$ 357.019,15 gastos de fevereiro a dezembro. O principal custo foi com divulgação da atividade parlamentar, R$ 130.720,00, que também foi o maior valor investido nessa categoria entre todos os deputados da Bancada.

Divulgação da Atividade Parlamentar

1 Sérgio Vidigal R$ 130.720,00
2 Dra. Soraya R$ 101.766,00
3 Evair Vieira de Melo R$ 98.250,00
4 Helder Salomão R$ 94.490,00
5 Lauriete R$ 89.510,00
6 Ted Conti R$ 77.365,00
7 Da Vitória R$ 60.725,00
8 Amaro Neto R$ 34.632,91
9 Felipe Rigoni R$ 20.015,49
10 Norma Ayub R$ 10.396,50


O deputado informou por meio de nota, que os valores para divulgação da atividade parlamentar são necessários para prestar contas à população do seu trabalho e são valores que a Casa prevê para manutenção do mandato.

“Trabalho de forma transparente, prestando contas à sociedade do nosso mandato. E reiteramos o compromisso de sempre zelar pelos bens públicos.”, diz a nota enviada para AGC.

Soraya foi a que mais gastou com aluguel de carros, R$ 128 mil

Em quarto lugar, ficou a deputada (foto) Soraya Manato (PSL). Ela gastou R$ 334.306,94 da cota parlamentar em 2019. O principal gasto dela foi com aluguel de carro.

O valor que ela gastou, mais de 100 mil reais, em apenas um ano de mandato, daria para comprar pelo menos três carros zero quilômetro.

Mas diferente dos demais parlamentares, que quando alugam carros também fazem uso de combustíveis e lubrificantes, a bolsonarista alega preferir economizar a verba da gasolina para gastar com passagens aéreas e divulgação do mandato.

“Apesar de ter um carro alugado, prefiro pagar do meu bolso o combustível, alimentação e qualquer tipo de hospedagem. Economizo esse recurso para fazer a divulgação do meu mandato e comprar as passagens aéreas”, disse.

Emissão de Bilhete Aéreo
1 Lauriete R$ 96.895,15
2 Evair de Melo R$ 91.117,65
3 Sérgio Vidigal R$ 73.339,58
4 Amaro Neto R$ 68.570,28
5 Dra. Soraya R$ 65.689,73
6 Da Vitória R$ 63.188,72
7 Rigoni R$ 50.355,99
8 Ted Conti R$ 45.675,84
9 Helder Salomão R$ 41.365,99
10 Norma Ayub R$ 37.054,28

 

Os mais econômicos

No fim da lista, o deputado que mais economizou foi Amaro Neto. Os custos da cota parlamentar dele foram de R$ 176.327,24. O maior gasto foi com emissão de bilhete aéreo: R$ 68.570,28.

“A economia na cota parlamentar em meu gabinete chega a 60%. Abri mão de privilégios, como auxílio moradia, plano de saúde, linhas telefônicas e aposentadoria especial”, disse o deputado que é pré candidato a prefeito de Vitória.

“Todas as despesas do escritório no Espírito Santo são custeadas por mim, não recebendo qualquer reembolso. Também nunca participei de viagem internacional ou recebi diárias pela Câmara”, conclui.

O deputado afirma ainda que as passagens para as idas semanais a Brasília são compradas com antecedência para aproveitar ofertas das companhias aéreas.

A deputada Norma Ayub (DEM-ES) foi a segunda que menos gastou – R$ 222.416,60. Em terceiro lugar, ficou o deputado Felipe Rigoni (PSB-ES) – R$ 241.114,37.  O maior gasto de Rigoni foi com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos: R$ 97.183,15.

“Em relação à utilização de consultorias e trabalhos técnicos, isso municia meu mandato de uma opinião muito mais consolidada, muito mais técnica que naturalmente vai levar a melhores decisões e políticas públicas muito bem implementadas”, disse Rigoni.

Confira a tabela geral de gastos de Cota Parlamentar da Bancada Capixaba em 2019: 

Posição Deputado Valor 
1 Evair Vieira de Melo  R$ 394.391,61
2 Da Vitória R$ 366.263,47
3 Sérgio Vidigal R$ 357.019,15
4 Dra Soraya R$ 334.306,94
5 Lauriete R$ 327.925,67
6 Helder Salomão R$ 325.681,04
7 Ted Conti R$ 305.928,95
8 Felipe Rigoni R$ 241.144,37
9 Norma Ayub R$ 222.416,60
10 Amaro Neto R$ 176.367,24

 

Reportagem: Lanna Silveira