TSE: Absolvição por 4×3 era conhecida desde terça

33

BRASÍLIA – AGÊNCIA CONGRESSO – Por quatro votos a três, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) confirmou as expectativas e absolveu a chapa presidencial eleita em 2014, que tinha o atual presidente, Michel Temer (PMDB) como candidato a vice.

O voto de Minerva foi dado pelo presidente da Corte, Gilmar Mendes. Os ministros Napoleão Nunes Maia, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira Neto também votaram pela absolvição da chapa.

Por outro lado, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux e Rosa Weber acompanharam o voto do relator, ministro Herman Benjamin, e votaram pela cassação da chapa. A sessão foi encerrada na noite desta sexta-feira (9).

Apesar do julgamento ter parado o país por três dias, desde terça-feira (6) já se conhecia o resultado; e os nomes dos três ministros que votariam contra o governo.

Não foi surpresa para ninguém. Em seu grupo de WhatsApp a Agêcia Congresso divulgou os nomes dos ministros que votaram contra Temer, na quarta, dia que começou o julgamento.