Deputado federal Felipe Rigoni (PSB). Foto: Arquivo Felipe Rigoni

BRASÍLIA – AGÊNCIA CONGRESSO – O deputado federal Felipe Rigoni (PSB), que foi punido pelo partido por votar a favor da Reforma da Previdência, disse para a Agência Congresso que não se preocupa muito com a relação com o partido “tem muitas vagas em outras legendas”, disse.

O deputado terá que ficar um ano de suspensão das atividades partidárias que consistem nas relatorias e participação em Comissões. Ao todo Rigoni participa de 11 comissões, mas quando a punição for aplicada, ficará em apenas quatro.

“Como eu fui indicado por outros partidos para as Comissões Externas de fiscalização da ECO 101 e de Educação, e para as Comissões de Saneamento Básico e Reforma Tributária, eu vou continuar nelas”, disse.

O deputado continuará nas comissões que citou porque as vagas do PSB acabaram quando fizeram as indicações dos integrantes e Rigoni foi indicado por outras legendas.

Sobre seu trabalho, o parlamentar lamenta, pois ficará um ano inteiro suspenso e sem poder mudar de partido a princípio, mas o deputado disse que está sendo convidado por várias agremiações.