O deputado Ted Conti (PSB) apresentou 16 propostas legislativas

BRASÍLIA – AGÊNCIA CONGRESSO – Dando continuidade as análises quantitativas feitas pela Agência Congresso, sobre o desempenho dos deputados federais neste primeiro semestre, apurou-se que o deputado federal Ted Conti (PSB/ES) foi um dos menos produtivos.

Durante o primeiro semestre do mandato como deputado federal, Conti, eleito com 42.580 votos, não faltou a nenhuma sessão no plenário, mas apresentou apenas 16 propostas legislativas. Nenhuma aprovada.

“Foi um primeiro semestre de intensa movimentação e de muito trabalho. E posso citar como destaque a apresentação de dois importantes projetos de lei que tratam da adoção”, disse para a Agência Congresso.

Propostas legislativas

Dois projetos de lei de Ted Conti têm o objetivo de dar maior proteção à criança que espera para ser adotada e também mais suporte para as famílias que querem adotar.

Um dos projetos permite o uso do FGTS para cobrir despesas iniciais para acolher a criança em seu novo lar e o outro acrescenta um dispositivo ao Estatuto da Criança e do Adolescente ampliando o cancelamento de documentos da criança que foram emitidos antes da adoção.

Todos os PLs apresentados pelo deputado encontram-se em tramitação nas comissões da Câmara dos Deputados.

Além dos projetos de lei, Conti apresentou um projeto de decreto legislativo e um projeto de lei complementar. O PDL trata da sustação de atos normativos do Poder Executivo. Já o projeto de lei complementar institui o imposto sobre grandes fortunas.

As áreas de maior atuação do parlamentar capixaba são ciência tecnologia e comunicações, direitos humanos, política e administração pública e segurança.

Além dos projetos citados, Ted também solicitou dois requerimentos, apresentou quatro pareceres do relator, uma emenda de relator, um requerimento de informação e um substitutivo.

Comissões

O socialista capixaba é membro de sete comissões na Câmara dos Deputados. Como titular, integra as comissões permanentes de Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Resultado de imagem para ted conti comissão
Ted em uma reunião de comissão

Além dessas, ele também é membro da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado como suplente.

“Estamos discutindo e elaborando vários projetos com foco nas comissões em que sou titular”, disse.

As comissões temporárias que o deputado participa são: Fiscalização da concessionária ECO 101(titular), Obra viária do Contorno do Mestre Álvaro / ES (titular), Subcomissão Especial Empreendedorismo e Inovação (suplente) e da CPI – Práticas Ilícitas No Âmbito do BNDES (suplente).

Participação

Em seu primeiro mandato como deputado federal, Ted, que é suplente do deputado Paulo Foletto ( atual secretário de Agricultura de Casagrande) não faltou a nenhuma sessão. Ele registrou 143 votos no plenário da Câmara.

Nas comissões, registrou 408 votos, compareceu a 77 reuniões, faltou cinco vezes sem justificativa.

Segundo o Basômetro, ferramenta interativa que permite medir o grau de governismo dos deputados, isto é, o grau de alinhamento com o governo, Ted Conti é apenas 22% alinhado ao Governo Federal.

Reforma da Previdência

Ted Conti foi um dos deputados “rebeldes” que votaram contra a orientação do partido na votação em primeiro turno da Reforma da Previdência.

O PSB, que havia fechado questão contra o projeto do governo, abriu um processo disciplinar contra ele e o colega deputado Felipe Rigoni (PSB), também do ES. Ambos correm o risco de serem punidos da legenda.

Resultado de imagem para ted conti comissões
Deputados federais Felipe Rigoni (PSB) e Ted Conti (PSB)


Leia também: Ameaçados de punição, deputados recebem convite para deixar o PSB

Gastos

A cota parlamentar para o Espírito Santo é de R$ 37.423,91 por mês, esse valor é destinado a cobrir despesas de mandato, como telefone e transporte, por exemplo.

Ted gastou R$ 115.450,09 de fevereiro a junho, de acordo com o site da transparência da Câmara dos Deputados. A economia do gabinete dele foi de R$ 71.666,46.

Os principais gastos foram com passagens aéreas – R$ 17.657,01, manutenção de escritório de apoio no ES – R$ 30.973,51 – e divulgação de atividade parlamentar – R$ 27.675,00.

Fonte: Portal da Transparência/ Câmara dos Deputados


Já a verba de gabinete, destinada ao pagamento de até 25 assessores parlamentares contratados diretamente pelo deputado, é de R$111.675,59.  

O deputado tem 18 pessoas ativas em seu gabinete atualmente. Os custos em junho foram de R$ 111.501,91. No semestre inteiro, Ted Conti gastou R$ 514.597,34 com o pagamento de funcionários.

Redes Sociais

De acordo com a matéria publicada pela Agência Congresso em maio, Ted tinha pouco mais de 17 mil seguidores nas redes sociais, hoje, o número é de 25.295.

A rede social com mais seguidores é a página no Facebook, com 17.672 curtidas e foi a que teve o crescimento mais significativo, mais de 4000 novos seguidores.

No Instagram, Ted conta com 4.769 seguidores. E o Twitter, é a rede mais fraca, só tem 154 seguidores.

“É um aprendizado permanente. E estaremos sempre em busca de aperfeiçoamento, à medida em que queremos o envolvimento da sociedade na construção de um mandato participativo”, disse o deputado.

Segundo semestre

Ted pensa em buscar mais melhorias para o Espírito Santo e dar continuidade aos trabalhos iniciados nas comissões em que participa, além disso, o deputado pretende dar abertura ao eleitorado para a construção de um mandato colaborativo.

“Nosso gabinete sempre estará de portas abertas.  Temos percorrido o interior do Estado, conversando com prefeitos e com moradores de vários municípios, ouvindo e colhendo demandas, construindo projetos em parceria. Nosso foco central é contribuir para o desenvolvimento do nosso Estado”, conclui.

A próxima a ser analisado pela série raio X da bancada é a deputada Dra. Soraya (PSL). A matéria será publicada amanhã, na Agência Congresso.