Deputados federais Amaro Neto (à esquerda) e Helder Salomão (à direita)

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO – Só dois deputados do ES, ambos prováveis candidatos a prefeito ano que vem, Helder Salomão (PT) e Amaro Neto (PRB), votaram a favor do fundo eleitoral de R$ 2 bilhões aprovado ontem pelo Congresso Nacional.

Os demais deputados do ES votaram contra a criação do fundo. Só o deputado Evair Melo não participou da votação. Mas o partido dele, PP, apoiou a aprovação, que contou com 242 votos, dos 513 deputados.

O Novo tentou reduzir o valor do fundo com um destaque ao projeto de lei orçamentária de 2020, mas foi derrotado.

O destaque pretendia reduzir o fundo para R$ 1,3 bilhão. O dinheiro vai bancar as campanhas municipais do ano que vem.

O PT votou a favor do fundo, o PSL contra. Veja como votou cada partido.

PPMDBPTB: Sim
PT: Sim
PSL: Não
PL: Sim
PSD: Sim
PSDB: Liberado
Republican: Sim
PSB: Sim
PDT: Sim
DEM: Sim
Solidaried: Sim
Podemos: Não
PSOL: Não
CIDADANIA: Não
PCdoB: Sim
NOVO: Não
PV: Não
Maioria: Sim
Minoria: Liberado
Oposição: Sim
GOV.: Sim