Senadora Rose de Freitas (Podemos-ES)

BRASÍLIA – Emocionada com a morte de mais 1.179 pessoas nesta terça 19/05, a senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), pediu uma ação nacional que ajude a salvar vidas em todo o país.

Ela lamentou que o presidente da República se coloque contra o isolamento social, único instrumento considerado capaz, pelos maiores especialistas no Brasil e no exterior, de proteger a população enquanto não se tem uma vacina ou um medicamento efetivo para o combate à covid-19.

“Temos de nos unir, temos de sentar, todos, governadores, prefeitos, cientistas. Temos de fazer alguma coisa que organize, ver onde o combate à pandemia deu certo, não dá para a gente só fazer discurso. Estamos deixando o tempo passar”, disse a senadora capixaba.

Vários senadores lamentaram nesta terça-feira (19), durante a sessão remota, o número de mais de mil mortes causadas pela covid-19 em um único dia, pela primeira vez, no Brasil.

Eles cobraram união dos poderes da República na execução de ações que ajudem no combate à pandemia. Já são quase 18 mil mortes em todo o país e mais de 270 mil contaminados, de acordo com os registros oficiais.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que o momento é de buscar medidas urgentes em favor do bem comum

— Temos de nos unir, temos de sentar, todos, governadores, prefeitos, cientistas. Temos de fazer alguma coisa que organize, ver onde o combate à pandemia deu certo, não dá para a gente só fazer discurso. Estamos deixando o tempo passar — alertou Rose.

Com informações da Agência Senado