POL-3001.eps

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO -Se conseguir um cargo em Brasília – não de ministro –  o delegado aposentado da PF Rodney Miranda (DEM), voltará a residir na capital federal.

E desistirá de sua candidatura a deputado federal. Isso foi o que o ainda secretário de Desenvolvimento Urbano do governo estadual contou para um deputado aliado.

Rodney já está em Brasília. Ele vem contribuindo com o debate sobre segurança pública como consultor junto à comissão criada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

O próprio Maia confirmou em entrevista coletina, quarta-feira da semana passada, 21/02,no comitê de imprensa da Câmara, que Rodney já o assessora.

Mas negou que tivesse a intenção de indicar ministro do governo Temer: “Não indico ministro para esse governo”, afirmou.

“Paulo é um grande amigo”

Rodney teria dito ainda que Paulo (Hartung) é um grande amigo e o estaria ajudando a se restabelecer em Brasília.

Que Hartung o abrigou depois que ele perdeu a eleição em Vila Velha, onde foi prefeito, e que aceitou sua saída do governo.

 

MUY AMIGO – Quarta-feira dia 21/02 o governador Paulo Hartung (ainda MDB) e o prefeito de Vila Velha, Max Filho ( ainda no PSDB), se encontram no mesmo vôo TAM para Brasília.

PH pergunta ao prefeito o que vai fazer na capital federal. Max responde que buscar recursos já que não recebe verbas do governo estadual. Max diz isso sorrindo, pra não ofender o chefe do executivo.

PH responde: “No próximo mandato te ajudo”. Um chute na canela de Max que estava indo a BSB em busca de legenda para disputar o governo do estado. Com a resposta PH disse que é candidato a reeleição.