O presidente Jair Bolsonaro, chega ao Congresso Nacional, acompanhado dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e Senado, Davi Alcolumbre, para levar o projeto do governo de reforma da Previdência.

BRASÍLIA  AGENCIA CONGRESSO – A necessidade do governo aprovar a reforma da Previdência fez o governo federal abrir a porteira dos cargos federais.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a criação de um “banco de cargos” para nomeações para vagas do 2º e 3º escalões do governo.

De acordo com Bolsonaro, os congressistas aliados ao governo poderão indicar nomes e currículos para os cargos.As informações são do Poder 360.

O fato foi debatido 4ª feira em reunião com a bancada do PSL. A plataforma será construída pela Controladoria-Geral da União. No ES existem 16 cargos da União.

O objetivo é que os congressistas indiquem nomes técnicos para as vagas disponíveis. O processo seletivo terá a participação dos ministros.

A medida vem na tentativa de amenizar a insatisfação de aliados após a suspensão das nomeações e dispensas de cargos comissionados e funções de confiança para cargos das repartições federais nos Estados.

A suspensão foi anunciada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no início de fevereiro. Leia também:

Bancada vai se reunir para definir indicações para cargos federais no ES