O deputado federal Amaro Neto (PRB) aprovou um projeto de lei em coautoria com a deputada Erika Kokay (PT-DF)

BRASÍLIA – AGENCIA CONGRESSO -Um almoço segunda-feira em Vitória entre três dirigentes políticos deu o que falar.

O deputado federal Amaro neto (PRB), pré candidato a prefeito, o presidente da Assembléia Legislativa, Erick Musso (PRB) e o ex-senador Magno Malta, derrotado na eleição passada, mas que mantém o controle do PL no Estado.

As duas siglas pretendem se manter juntas na eleição de 2020, como explicou o deputado Amaro Neto para a Agência Congresso. 

Segundo ele – deputado federal mais votado para a Câmara ano passado – não foi nada demais, apenas uma conversa informal:

“Na eleição de 2018 estávamos na mesma coligação. Em março começou um início de conversa e amadureceu a chance de caminharmos juntos também nas eleições de 2020 PL/PRB”, disse o deputado que não esconde seu desejo de um dia governar o Espírito Santo.