BRASILIA – AGENCIA CONGRESSO – A escolha do deputado Osmar Terra (MDB-RS) para o ministério da Cidadania agradou a bancada capixaba. O gaúcho tem ligações com o ES, onde passou a infância.

A informação foi divulgada pela assessoria do presidente eleito na tarde desta quarta-feira (28) e agradou a vários parlamentares “por se tratar de um homem correto”, destacaram.

A pasta, que será criada, responderá pela área social do governo federal e reunirá Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura. Acreditava-se que o senador Magno Malta iria para esse posto.

De acordo com o futuro ministro, parte da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), que cuida do tratamento de dependentes químicos, também será submetida à pasta.

PÉ NO ES

Vários parlamentares se manifestaram a favor do novo ministro, como os deputados Lelo Coimbra (MDB), Norma Ayub (DEM) Sérgio Vidigal (PDT), Marcus Vicente (PP) e a senadora Rose de Freitas.

Da bancada capixaba, o deputado Lelo Coimbra (MDB), é o mais próximo do novo ministro: “Osmar é um grande amigo. Pessoalmente acho a decisão positiva, pelo trabalho de Osmar, que o ES conhece, além de sua passagem pelo ES – quando da sua infância. Fará um bom trabalho. Não foi o MDB que o indicou, mas entendo que a escolha é excelente”, afirmou.

Coordenador da bancada capixaba, o deputado Marcus Vicente também aprovou a escolha: ” É um conhecedor da área, ótimo gestor. Tem visão de política social. É uma grande aquisição”, disse o deputado.

A deputada Norma Ayub disse que ouviu no plenário da Câmara diversos elogios ao novo ministro, e ex-ministro do governo Temer. Terra deixou o governo para disputar a reeleição. Foi reeleito.

“Achei ótimo a indicação dele ,aliás ouço isso de vários deputados. Ele é muito respeitado por seu trabalho na primeira infância”, disse Norma.

Osmar tem parentes no Espírito Santo, na Praia do Canto, onde residem seus tios e sua madrinha. A mãe dele morou em Santa Teresa.